Lagoa Vermelha: Aprovado projeto que declara o município a Capital Gaúcha da Chula
06/03/2020 - 11:43

Proposição declara ainda de relevante interesse cultural o Sapateio Nacional da Dança da Chula e incluí a programação anual no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Sul.

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (3) a sétima proposição de autoria do deputado Paparico Bacchi. O Projeto de Lei nº 423 /2019, que declara “Lagoa Vermelha a Capital Gaúcha da Chula”, recebeu 43 votos favoráveis. A proposição declara ainda de relevante interesse cultural o Sapateio Nacional da Dança da Chula e incluí a programação anual no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Sul.

Paparico Bacchi destaca que não há como pensar na cultura do Rio Grande do Sul, sem lembrar do sapateio da chula. “É uma dança típica dos gaúchos, que representa as raízes da nossa tradição. É expressão da arte que revela talentos e coloca Lagoa Vermelha em destaque no cenário estadual”, ressalta o líder da bancada do Partido Liberal e autor do projeto aprovado.

Na justificativa do projeto de lei, Paparico Bacchi lembrou aspectos históricos relacionados com a dança da chula. De acordo com o relato, Paixão Cortes, em 1952, recolheu a melodia e coreografia no município de Vacaria, juntamente com Augustinho Manoel Serafin, sendo este o ponto de partida para a adaptação tradicionalista da dança. Naquela época a criação de centros de tradições gaúchas intensificava-se pelo Brasil, irmanando gaúchos que desejavam preservar seus usos e costumes.

Entre as entidades criadas está o CTG Alexandre Pato e com ele as manifestações artísticas e culturais ganharam muita força. Apareceram, desde então, vários gaúchos que começaram a se envolver com a dança da chula de uma forma brilhante, destacaram-se como sapateadores na região e em seguida no Estado, com passos marcados e atrevidos.

No ano de 1980 surge o Grupo Artes Nativas Lagoa Vermelha, que impulsiona a chula por meio de projetos de estímulo para crianças e adolescentes. Desde então, Lagoa Vermelha transformou-se num celeiro de campeões da dança da Chula. Em 2014, surgiu a ideia de realizar em Lagoa Vermelha o Sapateio Nacional da Dança da Chula, já realizado em cinco edições consecutivas. Em 2019, mais de 100 tradicionalistas participaram da programação, congregando, reunindo e integrando chuleadores de diversos estados brasileiros.

“Agradeço aos colegas deputados que acolheram e aprovaram a nossa proposta. É uma justa homenagem Lagoa Vermelha merece este reconhecimento por a legítima Capital Gaúcha da Chula. Viva Lagoa Vermelha”, finaliza Paparico Bacchi.

Fonte: Assessoria do Deputado Paparico Bacchi/Imagem: NG

download-8