Mãe de Sananduva lança livros para crianças com necessidades especiais
10/06/2019 - 14:57

Percebendo a existência de poucos livros na creche que fossem voltados ao desenvolvimento de crianças especiais, Daniela Tartari Brusco decidiu ela mesma mudar a realidade. Da insatisfação da sananduvense surgiu a Coleção AEIOU, um projeto de seis livros infantis para crianças na faixa etária de 1 a 7 anos. A ideia é uma solução criativa para resolver problemas de aprendizado de crianças com necessidades especiais. E o melhor: foi completamente produzido por profissionais da região.

 

Para financiar o projeto, ela participou de um edital de financiamento do estado. Ao ter sua iniciativa aprovada, Daniela convidou um grupo interdisciplinar de terapeutas da APAE de Sananduva para tirar o plano do papel. O resultado são seis livros inovadores completamente produzidos por profissionais da região.

 

A coleção é composta por cinco livros, um sobre cada vogal do alfabeto, sendo cada um deles rimado com ênfase na respectiva vogal. Além disso, há um 6º livro, intitulado de Livro das Diferenças, que une as histórias e personagens dos livros anteriores.

 

Um dos intuitos do projeto é incentivar a organização das rotinas domésticas das crianças, o quê, para Daniela, é a “principal dificuldade no trato com elas”. A autora também destaca que o uso dos livros não fica restrito às crianças.

 

“Os livros servem para os pais e acredito também que sirva para escolas. A relação das crianças com professores da creche são parecidas com as que eles têm em casa. Ele foi pensado como um livro didático, pedagógico”, explica a autora.

 

A coleção deverá ser lançada entre agosto e setembro de 2019. A tiragem será de cerca de 6 mil exemplares. Sua distribuição será gratuita para escolas, creches, Apaes e bibliotecas públicas de 12 municípios: Sananduva, Ibiaçá, Tapejara, Barracão, Lagoa Vermelha, Cacique Doble, Paim Filho, São João da Urtiga, São José do Ouro, Maximiliano Almeida, Machadinho e Cacique Doble. Ainda há planos para expandir o escopo de municípios.

 

Escolas e Apaes da região podem entrar em contato e solicitar os livros. O projeto possui o e-mail obixocultural@gmail.com, além de uma página no Facebook. Ainda há a possibilidade de a Coleção AEIOU ser futuramente disponibilizada para venda.

 

“O mais gratificante pra mim foi minhas crianças terem gostado. Achei bacana envolver as pessoas que trabalham na região. Usamos matéria-prima local, sem especialistas de fora, o que é importante para a valorização de nossa terra”, completa Daniela.

 

*100 e 7

Mais Notícias
Governo autoriza mais 63 agrotóxicos, sendo 7 novos; total de registros em 2019 chega a 325
17/09/2019 - 8:48
Interditado frigorífico Agrodanieli (Tapejara) e proposto TAC
16/09/2019 - 12:15
Senado pode votar nesta semana projeto que reduz transparência em campanhas eleitorais
16/09/2019 - 8:42
Receita paga nesta segunda restituições do 4º lote do IR 2019
16/09/2019 - 8:21
Crime de abigeato é registrado em município da região
15/09/2019 - 10:10